fevereiro 04, 2016

A salada de Quinoa do Augusto, no bairro da Graça

Um ano e meio atrás, quando saí de Campo de Ourique (bairro do meu coração) para vir morar na Graça, dei logo de cara com um vizinho que me ganhou pelo estômago e bom gosto. Como não me render a um cantinho português com tempero francês? Impossível!
Logo ao virar a esquina de casa está o Augusto – Lounge & Galeria de Arte. Morava há dois dias na Graça quando provei uma das sopas mais gostosas da minha vida, é sério! E vou confidenciar pra vocês uma coisa, sopa e eu não temos qualquer empatia, nada, nadinha! Era sopa de cenoura com um belo copo de vinho tinto. Ambiente aconchegante, fado como música de fundo e poltronas prontas para escorregarmos enquanto o nosso estômago é conquistado pelos petiscos da casa. As paredes são reservadas para artistas plásticos e pintores. Todos os meses há uma exposição nova. Até o fim de Fevereiro, o Augusto apresenta os quadros (à venda) da artista Graça Souza.

Como sempre digo, comer é amar. Julien e Annie são franceses, conheceram-se quando trabalhavam na Air France e apaixonaram-se. Resolveram uma dia voar, destino: Lisboa. Annie tem família portuguesa mas foi criada em França. O sotaque de ambos é tão bonito que dá mais charme ao local!
O bom clima e a beleza da cidade hipnotizaram o casal. E aí sim é que voaram à séria, vieram morar para Lisboa e abriram, três anos atrás, o Augusto. Quem me contou a história foi a Annie, que arrisca em dizer que sabe cozinhar “algumas coisinhas”, enquanto o Julien é que sabe fazer uns gelados que vendem até no Inverno. Sinto muito te dizer Annie, mas como falam na minha terra, “você manda muito bem” na cozinha! Prova disso é o sucesso do brunch (desde 6€), torradas, sumos, ovos mexidos e claro, o nosso tradicional pastel de nata, são point para lisboetas e turistas; principalmente às terças e sábados, por ser uma das opções de trajeto para a Feira da Ladra.

É comum ver casais ou grupos de amigos franceses e ingleses à tarde, a comer uma das tábuas de queijos ou a mais pedida tosta de salmão (7€), onde metade leva salmão, rúcula e limão, e a outra metade é servida com requeijão, mais salmão, aneto e azeite. Ou seja, quase um dois em um.
O prato que me faz voltar vezes e mais vezes é a salada de Quinoa (6€50). Some da minha frente em questões de minutos! Leva quinoa claro, feta, tomate cereja, funcho, morangos, azeitonas pretas e estragão. Bom, pela foto que fiz da última vez que estive lá, ontem hahahaha dá pra ver que é uma escolha ótima para devorar sem culpa. A minha sugestão é, se você for lá, o sumo de laranja e maçã, que combinação mais danada, simplesmente perfeita!

Nome: Augusto – Lounge & Galeria de Arte
Preço Médio: 12€ (pessoa)
Morada: Rua de Santa Marinha, 26 (Graça), Lisboa
Horário: De terça a sábado, das 10h às 19h

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *