maio 03, 2016

O Sabor do Amor

Caso ainda alguém não saiba, eu voltei a cozinhar á séria um ano atrás, por um razão: o amor! Estava há poucos meses casada e queria impressionar o meu marido com todas as minhas especialidades na cozinha…foi assim que surgiu o projeto #entrcolheradas

Ele gosta de tudo muito picante, eu prefiro os sabores mais moderados. Gosto de bolo quente, ele não acha muita piada. Ele consegue comer sopa todos os dias, eu como por obrigação, não é nem de longe a minha praia…hahaha
Mas ambos somos doidos por sushi, chocolate, massa, risotto e tantos outros tipos de comida. Sem duvida a comida nos une!

Sempre me perguntei o porque a comida poderia influenciar tanto uma relação. Pois bem, a Knorr me respondeu a tudo!
Um novo estudo global desenvolvido pela Knorr – com a participação de 12.000 pessoas, de 12 países diferentes – afirma que uma em cada três pessoas terminaria uma relação amorosa se as preferências alimentares do outro não fossem compatíveis com as suas. E mais… 29% tenha achado pouco atraente quando, num restaurante, o seu acompanhante escolhe comida de que não gosta. Um em cada cinco dos entrevistados confessou já ter pedido um prato que não aprecia, simplesmente para impressionar alguém.

Com resultados tão significativos, a marca Knorr decidiu pôr a teoria à prova e conduzir uma experiência social muito interessante, organizando uma série de blind dates íntimistas entre casais de desconhecidos com gostos alimentares e perfis de sabor em comum. A experiência foi gravada e transformada numa divertida curta-metragem, “Amor à Primeira Garfada”, que integra a nova campanha da marca e foi dirigida por Tatia Pilieva, diretora do filme viral “First Kiss”. Veja este  filme, eu achei o máximo e sem dúvida comida e amor são excelentes!

Descubra o impacto que a paixão partilhada por certos sabores teve na química gerada entre as duplas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *